Pular para o conteúdo principal

PORTUGAL DECIDE COMPRAR CINCO AVIÕES DE TRANSPORTE MILITAR EMBRAER KC-390

Governo da República Portuguesa decidiu esta quinta-feira, dia 8 de junho, avançar com a compra de cinco aeronaves KC-390, com opção de mais uma, autorizando a abertura de um processo negocial com a construtora brasileira Embraer para a aquisição das aeronaves que vão substituir os aviões C-130 Hercules.

Segundo uma resolução aprovada em Conselho de Ministros, foi autorizado o início das negociações com a Embraer, Defesa e Segurança, S.A, para a aquisição de cinco aeronaves KC-390, com opção de mais uma, e um simulador de voo (fullflight simulador CAT D) para a instalação e operação em território nacional”. Não foram indicados valores ou prazos.
As aeronaves irão substituir os aviões C-130 da Força Aérea Portuguesa e poderão ser usadas para o transporte e lançamento de cargas e tropas, reabastecimento aéreo, busca e resgate e ainda a valência de combate a incêndios.
A possibilidade de o KC-390 poder ser utilizado no combate direto a incêndios é uma vertente que interessa em particular ao Governo português, tendo em conta a possibilidade de a Força Aérea vir a participar nessas missões.
Em comunicado, o Governo Português justificou a opção destacando a “importância estratégica que a indústria aeronáutica pode desempenhar para o desenvolvimento económico nacional, enquanto indústria de elevado valor acrescentado com capacidade para estimular e valorizar o investimento em inovação” e “dinamizar a criação de redes de empresas de base tecnológica”.
Componente portuguesa no projeto do novo avião logístico e militar da Embraer
Portugal está envolvido no projeto do KC-390 através do CEIIA (desenvolvimento e testes) e das unidades da Embraer no país: a OGMA, em Alverca, e as fábricas de Évora (construção de componentes).
Fonte do Ministério da Defesa adiantou à agência noticiosa portuguesa Lusa que as negociações com a Embraer serão dirigidas pelo ministro da Defesa, Azeredo Lopes, que constituirá uma equipa com representantes dos ministérios das Finanças, da Economia e da Ciência e Ensino Superior.
No prazo de três meses, o grupo de trabalho “acordará com a Embraer os termos e as condições técnicas e financeiras da aquisição das aeronaves, estabelecendo os montantes máximos de financiamento”, programação financeira e calendário, segundo o ministério da Defesa.
As negociações incluirão a “sustentação logística” das aeronaves, com as configurações técnicas e operacionais específicas definidas pela Força Aérea Portuguesa.
fonte/foto/NewsAvia

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA