domingo, 25 de setembro de 2016

BAE JETSTRAM 41 SAI DA PISTA NO NEPAL

incid-yetiairlines-24set2016a-900px


Um avião bimotor turboélice BAE Jetstream 41 da companhia nepalesa de voos domésticos Yeti Airlines (matrícula 9H-AIB) saiu de pista neste sábado, dia 24 de setembro, ao pousar no Aeroporto de Bhairawa num voo proveniente do Aeroporto Internacional de Tribhuvan, em Katamandu, capital do Nepal.

A companhia aérea distribuiu um comunicado cerca da meia-noite, hora local, em que confirma e lamenta o incidente com o voo NYT893, e diz que todos os 29 passageiros e três tripulantes (dois pilotos e uma assistente de bordo) se encontram bem, não tendo sofrido ferimentos.

incid-yetiairlines-24set2016b-900px

As condições atmosféricas na zona do aeroporto eram boas na hora da aproximação e aterragem da aeronave, segundo fontes aeroportuárias. Tinha chovido antes, mas no momento do despiste do avião (16h56 locais) a visibilidade era de oito quilometros e o vento fraco.

Nas imagens obtidas através das redes sociais os passageiros a desembarcarem da aeronave e algumas ambulâncias a se aproximarem. Alguns passageiros lamentaram a fraca eficiência dos serviços de bombeiros e de socorro no aeroporto, tendo sido os próprios ocupantes do avião que ajudaram os outros a saírem de dentro da cabina, nomeadamente os mais idosos. Refere um dos passageiros que junto do avião não foi visto qualquer pronto socorro dos bombeiros, apenas ambulâncias.

O Aeroporto de Bharawa tem uma pista de 1.500 metros de comprimento. Está presentemente em obras de ampliação que o dotará de uma pista de 3.000 metros de extensão e novas e modernas instalações de apoio aos passageiros, tendo em vista transformar esta estrutura no segundo aeroporto internacional do país, depois de Katamandu.

O avião sinistrado fez o seu primeiro voo em Julho de 1993. Está na Yeti Airlines desde 2007, depois de ter voado para companhias norte-americanas e para a britânica Eastern Airlines. No total tem 23 anos de serviço.

fonte/foto/NewsAvia

Nenhum comentário:

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...