Pular para o conteúdo principal

REPUBLIC P-47 THUMDERBOLT CAI NO RIO HUDSON

Republic P-47 Thunderbolt 900px

A queda de um avião Republic P-47 Thunderbolt no rio Hudson, entre as cidades norte-americanas de Nova Iorque e de Nova Jersey, na sexta-feira, dia 27 de maio, pelas 19h30 locais, provocou a morte do piloto e a perda total da aeronave.

Trata-se de um avião antigo, monomotor e monolugar, que voou ao serviço das Força Aérea dos Estados Unidos da América, durante a Segunda Grande Guerra Mundial, e que foi um dos mais temíveis e eficientes caças-bombardeiros no conflito, nomeadamente no cenário europeu.

O aparelho envolvido no acidente foi construído em 1944 e desde há 16 anos que pertencia ao ‘American Airpower Museum’ instalado no Aeroporto de Farmingdale/Republic, em Long Island. Fazia voos de demonstração e participava em ‘air shows’.

Na sexta-feira já tinha feito dois voos sem problemas e no momento em que caiu no rio Hudson estava com outros dois aviões, também antigos, numa sessão de fotografias e filmagens que seriam utilizadas para promoção do ‘Memorial Day’ do museu a que pertencia e que se celebra nas próximas semanas. Tinham por cenário a zona da Estátua da Liberdade, à entrada do Porto de Nova Iorque.

O avião e o corpo do seu piloto foram encontrados já de noite, a cerca de duas milhas a sul da Ponte George Washington e da Marina de Edgewater.

fonte/foto/NewsAvia

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA