Pular para o conteúdo principal

AVIÃO DA PASSAREDO ATINGE PLANTAÇÃO E CERCA AO TENTAR POUSAR EM RONDONÓPOLIS, MATO GROSSO




 

 

O que teria ocorrido com avião que quase pousou fora da pista em Rondonópolis?

A empresa a Passaredo Linhas Aéreas tem negado por meio de sua assessoria, que o fato ocorrido na noite de sexta-feira (08), ao lado Aeroporto Maestro Marinho Franco em Rondonópolis tenha sido um pouso forçado.

Segundo a empresa, o que ocorreu de fato com o voo que vinha de Brasília (DF), foi uma arremetida. O termo técnico é utilizado quando o piloto de uma aeronave retoma o voo, no momento em que existe um problema no procedimento de pouso.

Um instrutor de voo , que preferiu não se identificar, garantiu ao Primeira Hora, que a aeronave chegou por alguns segundos a tocar numa plantação de soja ao lado da pista e arremeteu logo em seguida, pousado em segurança na momentos depois. O avião chegou a bater numa cerca, parte da fuselagem ficou danifica.

Após os momentos de susto, todos os passageiros desembarcaram sem qualquer ferimento.

A Passaredo ainda informou que a aeronave foi avaliada neste sábado (09) pelo departamento de manutenção da empresa.

O mal tempo, segundo dois pilotos ouvidos pelo Primeira Hora é uma das hipóteses para o ocorrido.

A direção do Aeroporto Maestro Marinho Franco ainda não emitiu um nota oficial sobre o caso. 

fonte/foto/CGonline/PrimeiraHora

NOTA DA PASSAREDO (ATUALIZADO)

Durante a noite de ontem (09), em função de condições meteorológicas adversas durante o pouso do voo 2330 em Rondonópolis (MT), foi necessário efetuar uma arremetida após o toque da aeronave no solo. Após o procedimento foi realizado nova aproxiação e pouso normal. O desembarque dos passageiros ocorreu normalmente próximo ao horário previsto. A aeronave passa por inspeção de técnicos do departamento de manutenção da companhia. O pouso aconteceu às 00h23 e o voo era procedente de Brasília (DF)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA