Pular para o conteúdo principal

DISPUTA DERRUBA TROLLEY NUM AVIÃO DA ROYAL AIR MAROC

voo-AT982

Uma alegada disputa entre elementos da tripulação de um avião da Royal Air Maroc, que voava de Casablanca para Lisboa (voo AT982), na terça-feira, dia 25 de agosto, deixou vários tabuleiros de refeições espalhados pelo piso da cabina do ATR72-600 (matrícula CN-COG). Pouco antes de o avião pousar no Aeroporto Internacional de Lisboa, os passageiros ouviram um forte ruído de equipamento a partir-se. Inicialmente, alguns dos viajantes pensaram tratar-se de um problema mecânico com o avião e recearam que se iriam despenhar. Depois, vários passageiros testemunharam duas assistentes de bordo numa acesa disputa que, acreditam, culminou no derrube de um trolley na galley. O website ‘Crash Aérien’ relata que vários passageiros “se queixaram de um comportamento pouco profissional”.

No entanto, a companhia aérea nega a disputa, atribuindo a perturbação a um incidente. “Negamos as notícias que insinuam uma disputa entre dois membros da tripulação num voo de Casablanca para Lisboa. Os pratos caíram inadvertidamente”, afirmou a Royal Air Maroc. “Pedimos desculpa a todos os passageiros deste voo pelo incomodo causado”, acrescentou. Mas numa entrevista ao website ‘Yabiladi’, a companhia negou a alteração física, admitindo eventualmente que teria havido uma disputa verbal no avião devido a um erro humano. “Uma das assistentes de bordo esqueceu-se de trancar o trolley depois de o colocar de volta na traseira da cabina”, explicou um porta-voz. “Com a pressão do tempo e todos os serviços que têm de providenciar, as desatenções são possíveis”, frisou.

791c7ab060bfafc2e0a508f24ff4510feddb7152

fonte/NewAvia/fotoCrashAérien

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA