Pular para o conteúdo principal

FUNCIONÁRIOS DA TAM FAZEM PARALISAÇÃO NO AEROPORTO DE GUARULHOS


A+A-
Cerca de 350 funcionários de cinco turnos de trabalho da empresa aérea TAM estão paralisados no Aeroporto Internacional de São Paulo – Guarulhos, desde às 5h de hoje (1). Eles pedem que a empresa cumpra com o acordo de pagar os valores referentes ao Programa de Participação nos Resultados (PPR). De acordo com a diretora de comunicação do Sindicato dos Aeroviários de Guarulhos (SindiGru), Débora Cavalcanti, o pagamento deveria ser feito em abril, mas em março a empresa anunciou que os funcionários nada receberiam.

“Na TAM, o pagamento da PPR é feito no mês de abril. Os funcionários têm um ano corrido para atingir as altas metas estabelecidas pela empresa. Só que neste ano houve rumores de que haveria o pagamento, mas em março a TAM anunciou que o percentual pago aos funcionários seria zero. Os trabalhadores ficaram decepcionados e resolveram fazer esta paralisação”, explicou Débora.

Além do não pagamento do PPR, os funcionários reclamam de má gestão e das condições de trabalho. “A empresa também não paga as horas extras regularmente. Para recebermos precisamos reclamar no sindicato, que pressiona a TAM para pagar. Enquanto essas questões não forem resolvidas os trabalhadores não voltarão aos seus postos”, disse. Os funcionários já montaram uma comissão para negociar com a empresa, que também tem representantes no local.

fonte/Tribuna do Norte

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA