Pular para o conteúdo principal

EMBRAER BUSCA NOVO MERCADO



A Embraer Defesa & Segurança estuda ampliar sua presença no programa espacial brasileiro e inclui a possibilidade de explorar projetos na área de foguetes.
A meta, segundo o presidente da unidade, Jackson Schneider, é ter uma empresa integradora na área espacial. “Isso pode incluir desenvolvimento de veículo lançador e de novos satélites”.
A empresa iniciou seus negócios na área espacial em 2013 com o projeto do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas, no qual é responsável pela gestão dos fornecedores e do lançador, além da integração dos sistemas.
O satélite é produzido pela empresa francesa Thales Alenia Space e o lançamento será feito pela Arianespace, no segundo semestre de 2016. O custo total do projeto é de R$ 1,3 bilhão.
Em 10 de março deste ano, a Thales inaugurou em parceria com a Omnisys um Centro Tecnológico para Espaço e Defesa, em São José.

Rompimento. Para o comandante da Aeronáutica, tenente-brigadeiro do ar Nivaldo Luiz Rossato, a decisão do governo federal de romper o acordo com a Ucrânia para o lançamento do foguete Cyclone-4, do Centro de Lançamento de Alcântara, no Maranhão, abrirá outras perspectivas para o programa espacial brasileiro.
“A Embraer tem demonstrado interesse no nosso VLM (Veículo Lançador de Microssatélites)”, disse o comandante, em nota.

Foguete. O projeto do VLM é prioritário no programa espacial brasileiro. O foguete é desenvolvido em parceria com o Centro Espacial Alemão e prevê a participação da indústria nacional desde as primeiras fases de concepção.
Segundo estudos já feitos por especialistas, o VLM tem potencial de mercado promissor, tendo em vista que ainda não existe nenhum outro foguete dedicado para atender a essa faixa de mercado (cargas úteis de 120 a 150 quilos).
“Estamos interessados em avançar na área espacial, o que abre espaço para atuarmos junto aos principais participantes desse processo”, afirma Schneider, por meio de nota.

Ipanema. A Embraer mostrará na 22ª edição da Agrishow, feira em Ribeirão Preto (SP), o novo avião agrícola, o Ipanema 203, que é maior do que a versão anterior, com 1.360 unidades vendidas. A unidade pré-série do novo Ipanema 203 realizou seu primeiro voo no último dia 16 de abril.

fonte/Ovale

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA