terça-feira, 24 de março de 2015

AVIAÇÃO AGRÍCOLA CONTINUA FAZENDO VÍTIMAS, DESSA VEZ EM MATO GROSSO



A Polícia Civil do município confirmou a queda da pequena aeronave, inclusive, a morte do piloto
Destroços da aeronave que caiu, hoje à tarde, em Diamantino matando o pilto
Destroços da aeronave que caiu, hoje à tarde, em Diamantino matando o pilto
Foto de Redes Sociais
Mais um avião agrícola caiu em Mato Grosso, na tarde de segunda feira (23), em uma propriedade rural localizada entre os municípios de Diamantino e Campo Novo dos Parecis. A Polícia Civil do município confirmou a queda da pequena aeronave, inclusive, a morte do piloto.

O Sexto Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa VI), com sede em Brasília, encaminhou a Mato Grosso uma equipe para apurar as circunstâncias do acidente.
“A investigação vai apurar quais foram os fatores que contribuíram para este acidente, bem como, a prevenção reativa para que isso não se repita. Não se trata de uma averiguação criminal”, disse o capitão Vínicios Voltolini, investigador do Seripa VI.

fonte/foto/ODocumento

 
 
Atualizada informação via G1
Um avião agrícola caiu durante um sobrevoo em uma lavoura nesta segunda-feira (23) na cidade de Diamantino, a 209 km de Cuiabá. De acordo com informações da Polícia Civil, a aeronave de pequeno porte caiu de bico na plantação e o piloto morreu no local antes de ser socorrido. Ele tinha 36 anos e estava sozinho no avião.
O acidente aéreo ocorreu em uma fazenda entre os municípios de Diamantino e Campo Novo do Parecis. Segundo a polícia, o piloto, que é de São Paulo, foi contratado para fazer a pulverização de plantação de milho. No entanto, no momento do acidente ele apenas fazia um sobrevoo.
“Segundo os funcionários da fazenda ele não estava fazendo essa pulverização, apenas um voo na área. Ele teria perdido o controle, ainda sem motivos claros, e desceu de bico. O impacto foi forte e, apesar de não pegar fogo, matou o piloto na hora”, disse ao G1 o investigador José Barbosa.
A previsão, conforme a polícia, é que uma equipe do Sexto Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa), de Brasília, vá até a sede da fazenda ainda nesta terça-feira (24) para iniciar uma investigação sobre as causas do acidente. A Polícia Civil de Diamantino intimou que os funcionários e o proprietário da fazenda prestem depoimento na delegacia municipal. O corpo do piloto deve ser transladado para São Paulo.

Nenhum comentário:

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...