Pular para o conteúdo principal

SWISSAIR .? NÃO, OBRIGADO........


O voo LX-092, da Swiss International Airlines, com destino ao Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo, precisou voltar ao aeroporto de Zurique, na Suíça, devido a um problema no trem de pouso na quinta-feira (8) à noite.

Os passageiros, dentre os quais 150 brasileiros, foram obrigados a se acomodar no chão frio do saguão do aeroporto suíço. A companhia aérea cedeu apenas colchões e almofadas, uma situação cujo descaso gerou revolta e até a polícia foi chamada.

Os viajantes precisaram ficar nessa situação por mais de 5 horas. Havia muitos idosos no voo, e nenhuma atenção extra lhes foi dada. Nenhum tipo de alimento foi fornecido enquanto estiveram alojados no sagão. Para usar o banheiro ou obter água, os passageiros deveriam caminhar cerca de 1 km no interior do aeroporto.

Por telefone, um passageiro identificado como Manuel deu detalhes do drama à Rede Record.

- A primeira classe saiu primeiro, deve ter ido para o hotel. Nós, como somos da classe econômica, jantamos dentro do avião. Aí depois saímos e fomos então pernoitar nos colchões que eles nos deram no chão frio do saguão. Nem uma água eles ofereceram pra gente. Se você quisesse, teria que subir no banheiro e tomar água do banheiro.

Por volta das 22h (horário local) da quinta-feira (8), os passageiros embarcaram no aeroporto de Zurique com destino a são Paulo. O voo havia saído de Lisboa, em Portugal, e fez conexão na Suíça, mas a aeronave apresentou problemas nas rodas utilizadas para o pouso e precisou retornar ao aeroporto após cerca de 1h de voo.

Durante o período em que ficaram no aeroporto, os brasileiros tentaram contato com a Embaixada, mas não tiveram resposta. Outros passageiros de nacionalidades diferentes buscaram o mesmo apoio, também sem sucesso. A situação só melhorou quando a empresa disponibilizou outro voo para o Brasil.
 
fonte/foto/R7/NewsAvia

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA