Pular para o conteúdo principal

PREMIÊ DA MALÁSIA: ROTA DE AVIÃO FOI DESVIADA DE PROPÓSITO

Investigadores que apuram o desaparecimento do voo MH370 da Malaysia Airlines acreditam que alguém a bordo do avião desligou os sistemas de rastreamento e comunicação da aeronave, virou o Boeing 777 e voou por cerca de sete horas depois que o aparelho perdeu contato com o controle aéreo, afirmou neste sábado o primeiro-ministro da Malásia, Najib Razak. 
Em entrevista coletiva, Razak afirmou que as buscas pelo avião e as 239 pessoas a bordo da aeronave foram encerradas na parte leste da Malásia. "Ao contrário do que afirmou a imprensa, de que o avião teria sido sequestrado, eu gostaria de ser bastante claro e dizer que ainda estamos investigando todas as possibilidades para descobrir porque o (voo) MH370 foi desviado”, disse o primeiro-ministro.

Razak afirmou que novos dados apontam que a última comunicação entre o avião da Malaysia Airlines e satélites ocorreu às 8h11 do horário da Malásia. O último contato foi feito cerca de sete horas depois que o voo deixou as telas do controle de tráfego aéreo à 1h22 do último sábado, menos de uma hora depois de sua decolagem. O Boeing 777 voava no Golfo da Tailândia, ao leste da Malásia. 

O primeiro-ministro disse ainda que um avião não identificado que apareceu nos radares da Malásia, na costa oeste do país, antes de desaparecer, por volta de 2h15, era o voo MH370.

A análise dos dados de comunicação da aeronave com satélites a situam em dois corredores: um que se estende ao norte da parte norte da Tailândia até a fronteira do Cazaquistão e Turcomenistão, ou um ao sul, que se estende da Indonésia ao sul do Oceano Índico. 

Antes da coletiva do primeiro-ministro da Malásia, uma fonte afirmou à agência Reuters que dados eletrônicos da aeronave apontam que o Boeing 777 desviou sua rota a ao sul em direção ao Oceano Índico, onde provavelmente pode ter ficado sem combustível e caiu no mar.

fonte/Terra

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA