BOMBEIROS LOCALIZAM HELICÓPTERO QUE CAIU EM BARRA DO GUARATIBA, RIO

Militares encontraram aeronave no domingo (23).
Até as 10h45, não havia informações sobre o instrutor desaparecido.


Mergulhadores fazem busca no mar da Praia do Perigoso, na Zona Oeste do Rio (Foto: Reprodução/TV Globo)Mergulhadores fazem buscas no mar da Praia do Perigoso desde o dia do acidente (18) (Foto: Reprodução/TV Globo)
 
O helicóptero que caiu no mar da Praia do Perigoso, em Barra de Guaratiba, na Zona Oeste do Rio, na última terça-feira (18), foi encontrado pelos bombeiros. A corporação informou, nesta segunda-feira (24), que o instrutor Rafael Luz André permenece desaparecido. A escola de aviação Nep, que está há 16 anos no mercado, informou que o piloto Rafael Luz é experiente, tem mil horas de voo e que o helicóptero estava com a manutenção em dia, tendo feito um voo pouco antes do acidente sem apresentar qualquer problema técnico.

No acidente, o aluno Sérgio Mauro Bonfim Júnior, de 24 anos, morreu. Ele chegou a ser socorrido com vida mas morreu no Hospital Municipal Miguel Couto, na Gávea, na Zona Sul.  Ele era ex-jogador de futebol e defendeu o Macaé, onde era conhecido como Serginho, como publicou o Globo Esporte.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, pelo menos 25 militares participavam da operação. Já tinham sido localizados o tanque da aeronave, um assento, um intercomunicador e um boné, que foram entregues à equipe da Aeronáutica.

Vítima
Sérgio Mauro Bonfim Junior tinha 63 horas voo e abandonou o futebol para seguir a profissão do pai, Sérgio Mauro Bonfim, que é piloto. O acidente aconteceu por volta das 9h40. Os bombeiros foram avisados por agentes de reflorestamento. Equipes por terra, um helicóptero, motos aquáticas e mergulhadores foram acionados para atuar na operação de resgate, que contou ainda com apoio de um helicóptero da Aeronáutica.

O helicóptero que caiu, um Robson 22, é muito usado para aulas de aviação. Colegas de profissão de Rafael fazem com frequência o mesmo trajeto em aeronaves iguais e ficaram consternados com o acidente. Muitos viram instrutor e aluno decolarem pela manhã do Aeroporto de Jacarepaguá. Havia chovido, mas o céu estava limpo na hora da decolagem.

Mensagem foi postada no Facebook nesta terça-feira (Foto: Reprodução / Facebook) 
Mensagem foi postada no Facebook nesta terça-feira
(Foto: Reprodução / Facebook)
 
Alerta do instrutor
O instrutor de helicópteros Rafael Luz André postou uma mensagem sobre segurança em voos em uma rede social um dia antes do acidente. Amigos do profissional deixaram recados na página dele na internet à procura de informações sobre seu estado de saúde.

Rafael publicou uma foto na internet, às 13h02 de segunda-feira (17), com a seguinte mensagem. “Uma vez me disseram o seguinte. Aviação é o meio de transporte mais rápido pra quem não tem pressa, pois está sujeita a intempéries que independem de nossa vontade. Por isso meus amigos, digam não quando precisarem, sejam prudentes e sempre escutem seu coração !!! Bons voos com segurança para todos nós e uma excelente semana para todos !!!”, dizia a postagem.

Após o acidente, amigos do piloto comentaram na mensagem publicada em sua página. Os recados pediam orações e desejavam força a Rafael. “Amigo, você é forte e guerreiro, tenho certeza que está bem!”, dizia uma das mensagens. Outro usuário lamentou o acidente. “Parece que você estava prevendo, né, amigo?! Triste.”, disse.

Acidente semelhante
No dia 21 de novembro de 2012, outro acidente com helicótero com piloto em instrução causou mortes em Guaratiba. Felipe Berrêdo e o instrutor Silvestre Travassos, de 34 anos, morreram após a aeronave cair na Serra da Grota Funda.

fonte/foto/G1
Enhanced by Zemanta

Comentários

Total de visualizações de página

Postagens mais visitadas