BRIGA DE CASAL EM AVIÃO OBRIGA PILOTO A POUSAR EM SALVADOR


Um voo da empresa Azul que saiu de Natal (RN) com destino a Guarulhos (SP) fez um pouso não programado na manhã desta quinta-feira (9), em SALVADOR. De acordo com informações do Posto da Polícia Federal do Aeroporto Internacional Deputado Luís Eduardo Magalhães, o motivo do pouso foi a briga de um casal, que foi encaminhado para ser ouvido por agentes da Polícia Federal (PF).

Uma das passageiras do voo, Carmem Diehl, disse ao G1 que a confusão começou no aeroporto de Natal. “Toda a confusão começou lá e por isso os passageiros estão indignados, já que deixaram o casal embarcar", afirmou.

Segundo Carmem, a discussão continuou dentro da aeronave. "Dentro do voo, o homem começou a gritar com todo mundo assim que a aeronave decolou e uma aeromoça foi tentar contê-lo. Ele agrediu uma das aeromoças na cintura. O homem chegou a tirar a camisa", explicou. Ela disse também que alguns passageiros conseguiram conter o homem e fazer com que ele ficasse imobilizado até que o voo pousasse.

Um outro passageiro, o cenógrafo Ezequiel Tibúrcio, disse ao G1 que o homem estava bastante alterado. “Assim que o avião decolou, ele tirou a camisa, ficou de pé e agrediu a aeromoça. Quando a polícia entrou no avião, a mulher que o acompanhava correu para o fundo da aeronave. Depois, ela foi levada pela polícia. Durante toda a gritaria do homem, a mulher permaneceu calada no avião”, explicou.

Após o pouso no aeroporto de Salvador, a PF levou o casal para prestar depoimentos. Os tripulantes foram chamados pela PF para prestar depoimento e serão ouvidos ainda nesta quinta-feira.
Por volta das 13h, a Azul informou ao G1 que os passageiros do voo ainda eram acomodados em hotéis e outras aeronaves. A empresa não soube informar quando o próximo voo levando os tripulantes deixaria a capital.

Confira a nota oficial enviada pela empresa Azul durante a manhã desta quinta-feira.
"Azul Linhas Aéreas Brasileiras informa que o voo 5135, que faria a rota entre Natal e Guarulhos, realizou um pouso não programado em Salvador por conta do comportamento inconveniente de dois passageiros que estavam a bordo da aeronave. O caso está sendo tratado pela Polícia Federal do aeroporto de Salvador. Os Clientes estão recebendo toda a assistência necessária de acordo com a resolução 141 da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e sendo reacomodados em outros voos. A Azul lamenta eventuais transtornos ocorridos aos seus clientes.”

fonte/G1

Comentários

Total de visualizações de página

Postagens mais visitadas