Pular para o conteúdo principal

AVIÃO DA AZUL FAZ MANOBRA DE EMERGÊNCIA PARA EVITAR COLISÃO DURANTE VOO


Um avião da companhia aérea Azul realizou uma manobra de emergência na tarde de ontem para evitar uma colisão em pleno ar com outra aeronave que seguia pela mesma rota. Para evitar um desastre, o piloto desceu bruscamente com a aeronave, em um procedimento semelhante a um mergulho, para perder altitude. 

O voo número 5114 da Azul partiu do aeroporto de Viracopos, em Campinas, às 16h14, com destino ao aeroporto Santos Dumont, no Rio. 

Minutos depois de decolagem, quando o serviço de bordo ainda estava sendo iniciado, houve a manobra repentina. Segundos depois, o comandante pediu que todos afivelassem seus cintos de segurança, incluindo a tripulação. 

A Folha apurou que o comandante pediu desculpas aos passageiros e informou, pelo sistema de som da aeronave, que o procedimento foi necessário para evitar uma colisão com outro avião. De acordo com o relato do piloto da Azul aos passageiros, o problema estaria relacionado ao controle de tráfego aéreo, que não teria repassado as informações necessárias para evitar aquela situação. 

Procurada pela Folha, a direção da Azul Linhas Aéreas não forneceu detalhes sobre o caso. Em breve nota, comunicou que sua aeronave "teve que desviar seu percurso durante o trajeto por conta de outra aeronave, que seguia em rota próxima". 

CONTROLADORES AFASTADOS
O Ministério da Aeronáutica informou à Folha que os operadores de tráfego aéreo responsáveis pelo suporte ao avião da Azul foram afastados de suas funções. O comando da Aeronáutica divulgou a seguinte nota: "Confirmamos a ocorrência de ontem (19/12) durante o voo 5114 da Azul, que cumpriu a rota Viracopos-Santos Dumont. Informamos que foi instaurada uma investigação para apurar os fatores contribuintes e que os profissionais foram afastados preventivamente até a conclusão da investigação, conforme previsto em normas." 

fonte/UOL

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA