Pular para o conteúdo principal

BOEING ALERTA PARA RISCO DE ACÚMULO DE GELO EM AERONAVES

A Boeing alertou na sexta-feira as companhias aéreas sobre o risco de problemas com acúmulo de gelo em suas novas aeronaves 747-8 e 787 Dreamliner com turbinas fabricadas pela General Electric, pedindo para que 15 delas não operem tais aviões em elevadas altitudes durante tempestades.

O alerta fez a Japan Airlines retirar seus 787 Dreamliners de duas rotas internacionais. Outras companhias afetadas incluem Lufthansa, United Airlines, um braço da United Continental Holdings, e a Cathay Pacific Airlines.

A medida foi tomada após seis incidentes, ocorridos entre abril e novembro, envolvendo cinco 747-8s e um 787, quando aeronaves com motores GEnx sofreram perda temporária de pressão enquanto voavam em altitudes elevadas.

O problema foi causado pelo acúmulo de cristais de gelo, inicialmente atrás da primeira hélice, e que passaram pela turbina, afirmou um porta-voz da GE, acrescentando que todos as aviões pousaram em segurança e em seus destinos.

Na sexta-feira, a Boeing emitiu um alerta proibindo que as aeronaves afetadas voassem em altitude elevada em um raio de 50 milhas náuticas (aproximadamente 90 quilômetros) de tempestades que possam conter cristais de gelo.

A GE e a Boeing estão trabalhando em modificações no software que controla o sistema dos motores, e esperam que isso seja o suficiente para resolver o problema, afirmou o porta-voz da GE.

fonte/Reuters/Terra
Enhanced by Zemanta

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA