Pular para o conteúdo principal

AVIÃO MINEIRO "BUMERANGUE EX-27" TEM MOTOR E HÉLICE TRASEIRA


 

FRANCA - Um avião diferente chamado 'Bumerangue Ex-27' sobrevoou Ituiutaba, no Triângulo Mineiro, na segunda-feira, 13. Desenvolvido com o apoio de profissionais das universidades Federal de Minas Gerais (UFMG) e Federal de Uberlândia (UFU), a aeronave tem o motor e a hélice na parte traseira.

Em fase final de testes, o Bumerangue tem condições de voar por até quatro horas sem abastecimento, em um trajeto de cerca de dois mil quilômetros. Quando entrar em produção, deverá custar cerca de US$ 250 mil.

A aeronave começou a ser desenvolvida há seis anos pela Fábrica Brasileira de Aeronaves (Fabe), empresa sediada em Uberlândia. Para poder ser comercializado, o Bumerangue precisa completar 500 horas de voo. 

Com capacidade para quatro passageiros, o protótipo recebeu o prêmio de primeiro lugar na categoria Aeronave Experimental ao ser lançado na Expo Aero Brasil.

De acordo com o empresário Douglas Cunha, da Fabe, o avião é o mais rápido da categoria e também o de melhor custo benefício no País. 

Equipado com paraquedas balístico, trem de pouso retrátil e piloto automático, o aparelho já está em fase final de ensaios em voo e a próxima etapa será um programa de apresentação em todo o território nacional. "A partir daí começa a captação das intenções de compra para o início da linha de produção", explica o empresário.

fonte/foto/ Estadão

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA