MONOMOTOR É VISTO NA SERRA DA MANTIQUEIRA, MINAS GERAIS, DIZ FAMÍLIA

O avião monomotor que estava desaparecido desde a última segunda-feira (28) após decolar de Ubatuba (SP) com destino a Rio Claro (SP) foi visto por volta de 18h desta quinta-feira (31) em uma região de mata fechada na Serra da Mantiqueira, em Monte Verde, distrito de Camanducaia (MG). Segundo Ariana Teixeira de Barros, irmã do passageiro Marcos Teixeira de Barros, a família foi avisada que a aeronave foi localizada por um militar que fazia uma trilha por terra. Ainda não há informação dos dois ocupantes que estavam a bordo, já que as equipes de resgate não conseguiram chegar ao local. A Aeronáutica ainda não confirmou oficialmente a informação.

A aeronave foi identificada por meio de uma fotografia feita em uma região de montanhas, cujo acesso por terra é impossível. "Através da fotografia foi possível ver a hélice e o corpo da aeronave. A princípio o avião estava intacto", disse a irmã do passageiro. A suspeita é de que o piloto Diego Peres tenha conseguido fazer um pouso forçado no local.

Os trabalhos de resgate vão recomeçar nesta sexta-feira (1º) por volta de 7h. No entanto, como a região é de serra e o clima é instável, tudo vai depender das condições do tempo.

Avião monomotor desapareceu quando ia de Ubatuba a Rio Claro, nesta segunda-feira (Foto: Acervo pessoal) 
Avião monomotor estava desaparecido desde segunda-feira (28). (Foto: Acervo pessoal)
Último boletim

O Centro de Comunicação Social da Aeronáutica emitiu o último boletim das buscas por volta de 19h afirmando que mesmo depois dos trabalhos realizados durante todo o dia, o aparelho não havia sido encontrado. Conforme o comunicado da Aeronáutica, um avião SC-105 e um helicóptero H-60 Blackhwk voaram por cerca de 10h por uma área de 1.695 quilômetros quadrados sem sucesso.

A nebulosidade na região atrapalhou as buscas na manhã desta quinta-feira. As buscas se concentravam na área de São Francisco Xavier, na Serra da Mantiqueira (SP) e Monte Verde (MG), a aproximadamente 47 km de Taubaté (SP).

Mais cedo, guias turísticos que participam da operação de resgate em terra disseram ter visto um reflexo no meio da mata, o que indicaria que a aeronave estaria entre as árvores.


Operação
As buscas na região entre São Paulo e Minas contam com o auxílio de um avião SC-105, vindo de Campo Grande (MS), e um helicóptero H-34 Super Puma, do Rio de Janeiro. A operação envolve 20 militares. Um base foi montada em São José dos Campos. O Jeep Club de Monte Verde colabora nas buscas por terra.
Após uma ordem judicial, uma operadora de telefonia fez o rastreamento do celular de um dos ocupantes do avião. Um sinal foi detectado por volta das 20h desta segunda-feira (28), na região de serra de São Francisco Xavier, distrito de São José dos Campos.
A aeronave era pilotada pelo comerciante de Rio Claro, Diego Perez, que voltava para a cidade com o amigo de infância Marcos Teixeira Barros, atual morador de Ubatuba.

fonte/G1/SulDeMinas

Comentários

Total de visualizações de página

Postagens mais visitadas