Pular para o conteúdo principal

CORPOS DOS HOMENS QUE MORRERAM EM QUEDA DE AVIÃO SÃO LIBERADOS PELO IML

O piloto da aeronave era médico ginecologista e tinha consultórios em Videira e Balneário Camboriú

Os corpos dos dois homens que morreram na queda de uma aeronave de pequeno porte na Praia de Taquarinhas, em Balneário Camboriú, foram liberados do Instituto Médico Legal (IML) da cidade pouco antes das 16h deste sábado. O piloto do avião, Júlio César Mandelli, 58 anos, era médico ginecologista e possuía consultórios em Videira e Balneário Camboriú. O Corpo dele será cremado neste domingo.

Já o corpo do empresário Claudir Gheller, 53 anos, foi transportado ao município de Videira, onde morava com a família. O filho dele, de 11 anos, também estava na aeronave e conseguiu se salvar. O menino sofreu ferimentos leves e passa bem.

O acidente ocorreu por volta das 10h deste sábado. A aeronave PU-ZOE saiu do Aeroclube de Itapema para um passeio. Minutos depois caiu no mar de Taquaras e afundou imediatamente. O menino de 11 anos foi salvo com a ajuda de pescadores que estavam na praia. Mandelli e Gheller ainda tentaram nadar até a faixa de areia, mas morreram afogados.

O resgate das vítimas foi feito pelo Corpo de Bombeiros, que chegou ao local de Jet Sky. Na areia, os soldados ainda tentaram reanimar os dois homens, mas não havia mais o que fazer.
Segundo o Aeroclube de Itapema, o piloto era habilitado e a aeronave, até então, não tinha apresentado defeitos mecânicos.

O caso será investigado pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), com o apoio da Capitania dos Portos de Itajaí. Ainda não se sabe as causas do acidente e nem quando e como a aeronave será retirada da água. 

fonte/OSOLDiario/DC

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA