sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

LOCALIZADO AVIÃO DESAPARECIDO

Uma aeronave desapareceu entre as cidades de Botucatu e São Manuel, nesta quinta-feira (23), e mobilizou equipes da Força Aérea Brasileira (FAB) e Polícia Militar (PM). No avião estavam três ocupantes, um piloto e dois passageiros. Os destroços foram encontrados na manhã desta sexta-feira (24)

Conforme a reportagem apurou,  moradores do bairro Monte Alegre, próximo do local, onde o avião caiu, escutaram o barulho de um motor falhando e, em seguida, um estrondo. Bastante assustados com o barulho, imediatamente os moradores acionaram a Polícia Militar (PM) e contaram que teriam visto um clarão no meio da mata fechada, que é de difícil acesso.



Segundo o tenente-coronel Da Silva, do Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa), a aeronave era experimental modelo Explorer Monomotor.

De acordo com a assessoria de imprensa da Força Aérea Brasileira (FAB), o avião, com matrícula PR-ZAL, decolou do Aeroporto Estadual Campos dos Amarais, em Campinas, com destino a Londrina, Paraná.  

O último contato com o controle de tráfego aéreo de Pirassununga (SP) foi por volta de 10h de ontem. Houve demora na comunicação sobre o acidente, mas ainda não se sabe a explicação disso.

Na manhã desta sexta-feira (24), uma aeronave C-105 Amazonas e um helicóptero H-1H da FAB, além do helicóptero Águia da Polícia Militar (PM), estiveram na região para realizar buscas pelo avião desaparecido e encontraram partes da aeronave. Ainda não há informações sobre as vítimas.

Em nota divulgada, a FAB informou que as aeronaves empenhadas pela busca são do Esquadrão de Campo Grande (MS), unidade aérea especializada em busca e salvamento.

Investigação

A Seripa informou à reportagem do JCNet que, devido à aeronave ser experimental e ter operações limitadas, as investigações serão feitas pela Polícia Civil.
 
fonte/foto/JCNet

Atualizado..21:45

'Parecia um rojão', diz morador que escutou barulho de queda de avião

Três corpos foram retirados de monomotor em fazenda de Pratânia.
Entre as vítimas está um vereador e vice-presidente da Câmara de Suzano.


Três pessoas estavam no avião, entre elas, um vereador de Suzano (Foto: André Bordim / TV TEM) 
Três pessoas estavam no avião, entre elas, um vereador de Suzano (Foto: André Bordim / TV TEM)
  •  
Morador da fazenda escutou barulho da queda (Foto: Reprodução/TV TEM) 
Morador da fazenda escutou barulho da queda
(Foto: Reprodução/TV TEM)

O trabalhador rural Claudinei Paschoal de Souza informou que escutou um estrondo na quinta-feira (23), na fazenda onde mora em PRATÂNIA (SP), em referência à queda de um avião monomotor. “Escutei um estouro como se fosse um rojão. Nem imaginei o que era um avião. Depois que vi os aviões passando que achei que era alguma coisa diferente”, lembrou o morador da fazenda. Ele contou ainda que no momento do barulho chovia pouco, mas que o vento era forte. “No dia estava ventando muito e o tempo estava feio. Assustei porque não estamos acostumados com isso”, disse.


Depois de quinze horas de buscas, policiais militares e oficiais da Força Aérea Brasileira (FAB) localizaram os destroços de um avião monomotor experimental. Três corpos foram retirados do local e encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) de BOTUCATU.

No avião estavam o vereador e vice-presidente da Câmara de SUZANO, Jessé Almeida e, Rubens Geraldino e Edson Geraldino. Eles moravam em MOGI DAS CRUZES e eram primos do vereador.

A Polícia Militar disse que a busca foi difícil por conta do acesso ao canavial. “Estamos desde ontem nas buscas e iniciamos as buscas pela manhã na região. O local é de difícil acesso. Procuramos obter informações com moradores da fazenda. Eles informaram que o avião tinha caído nessa região. Primeiramente achamos um pedaço da asa. Passamos a informação para a FAB que começou a sobrevoar em outro local até que encontramos”, avisou o sargento Leomar Malnique.

Pratânia, SP

A aeronave estava desaparecida desde a manhã de quinta-feira (23). De acordo com a Força Aérea Brasileira (FAB), o avião com prefixo PR-ZAL decolou do aeroporto dos Amarais, em CAMPINAS (SP) com destino a LONDRINA (PR).

O último contato com o controle de tráfego aéreo de Pirassununga (SP) foi feito por volta das 10h. A Polícia Civil iniciou as investigações sobre o que provocou o acidente.

Avião ficou completamente destruído com a queda (Foto: Reprodução/TV TEM)Avião ficou completamente destruído com a queda (Foto: Reprodução/TV TEM)
 

fonte/foto/G1

Nenhum comentário: