domingo, 24 de janeiro de 2016

PEÇA ACHADA NO MAR GERA ESPECULAÇÕES SOBRE AVIÃO DESAPARECIDO DA MALAYSIA

Uma peça que poderia ser de destroços de um avião foi encontrada na costa sul da Tailândia no sábado (23), segundo uma autoridade local, motivando especulações de que poderia pertencer ao voo MH370 da Malaysia Airlines, que desapareceu quase dois anos atrás. 

Um grande pedaço de metal curvado apareceu na província de Nakhon Si Thammarat, onde aldeões reportaram-no às autoridades para ajudar a identificá-lo, disse Tanyapat Patthikongpan, chefe do distrito de Pak Phanang, à Reuters. 

"Os aldeões encontraram os destroços, que medem aproximadamente dois metros de largura e três de extensão", disse.
A descoberta alimentou a especulação na imprensa tailandesa de que a peça poderia pertencer ao MH370, que desapareceu com 239 pessoas durante um voo de Kuala Lumpur para Pequim, em março de 2014. 

Não houve confirmação oficial de que a peça pertence ao avião. E Patthikongpan acrescentou que "pescadores disseram que (a peça) poderia estar no fundo do mar por no máximo um ano, julgando pelos percevejos que estão neles". 

Investigadores acreditam que alguém pode ter deliberadamente trocado o transponder do MH370 antes de enviá-lo a milhares de quilômetros longe da sua rota. A maioria dos passageiros era chinesa. Pequim disse que está acompanhando o desenvolvimento de perto. 

Um pedaço do avião apareceu na ilha francesa de Reunion, em julho de 2015, mas nenhuma outra pista foi encontrada. A incerteza sobre o destino da aeronave tormenta as famílias dos que estavam a bordo. Alguns disseram que a descoberta de detritos não resolveria o mistério.

fonte/Reuters/FSP

2 comentários:

Euler Chropacz disse...

Olá,
Tentei encontrar um e-mail de contato no site, porém não consegui.
Poderia informar seu e-mail Roberto Fantinel? Gostaria de encaminhar-lhe uma notícia.
Atenciosamente,
Euler
euler.chropacz@up.edu.br

Roberto Fantinel disse...

Grato pela visita....Euler pode encaminhar via ifronline.contato@gmail.com

Abraço

Roberto Fantinel

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...