quinta-feira, 8 de julho de 2010

NOVAS INFORMAÇÕES DO AVIÃO DESAPARECIDO HÁ 8 ANOS

Map locator of Mato Grosso's Santo Ant�nio do ...Image via Wikipedia

Aeronave agrícola ocupado por um casal Sumiu em 2002 e só agora foi localizado

Imagem
Mato Grosso é um dos estados campeões em acidentes, sobretudo por causa dos aviões agrícolas
 
Os destroços de um avião agrícola que desapareceu há oito anos foram encontrados em uma fazenda no distrito de Mimoso, em Santo Antônio de Leverger (35 km de Cuiabá).

O monomotor de prefixo N90324, da empresa binacional Itagro/Edson Flying, desapareceu depois de decolar no dia 11 de janeiro de 2002 do aeroporto de Santo Antônio do Leverger. O piloto Roberto Machado Bonilla, na época com 23 anos, e a mulher dele, Júlia Komori, nunca foram encontrados.

O dono da fazenda em Mimoso, Júlio Renner, encontrou os destroços na terça-feira, quando tentava apagar um princípio de incêndio no pasto. Segundo a Polícia Civil, as buscas foram concentradas em uma área de mais de um quilômetro de mata fechada, na região do Mucambo.

A Gerência de Inteligência Policial encontrou a cabine, que está muito destruída. Na área, será aberta uma clareira para que um helicóptero da Segurança Pública possa descer com peritos e policiais hoje. Também foram encontrados pedaços da asa e do flap (dispositivo que ajuda o avião a desacelerar e a manter a estabilidade no pouso).

Ainda segundo a Polícia Civil, o chefe da Inteligência da instituição vai entrar em contato com o Departamento de Aviação Civil e que as buscas continuam, pois há possibilidade de encontrar as ossadas das vítimas.

Roberto Bonilla decolou de Santo Antônio de Leverger com destino a Goiânia (GO). O avião teria sumido após um temporal. Na época, a família do piloto tinha oito das 18 aeronaves da binacional Itagro/Edson Flying.

Um funcionário da empresa Itagro/Edson Flying também seguia para Goiânia com Bonilla, em outro avião agrícola, mas decidiu voltar por causa da tempestade. O irmão do piloto desaparecido, Ricardo Bonilla, disse na ocasião que as duas aeronaves estavam lado a lado e perderam contato.

A Aeronáutica trabalhou com várias hipóteses para o sumiço do avião, como pouso forçado devido ao mau tempo e falta de combustível. Roberto Bonilla iria para Goiânia (GO) para registrar o avião no aeroporto da cidade, pois a aeronave era de origem americana. O piloto morava com a mulher em Campo Novo do Parecis.

fonte/foto/JornalDeCuiabá
Enhanced by Zemanta

Nenhum comentário: